GUIA DE MANUTENÇÃO

Os princípios do Planejamento, Programação e Controle da Manutenção

Envolvem o planejamento detalhado de tarefas, uma programação adequada e um controle rigoroso para garantir a execução eficaz e pontual do trabalho de manutenção. Seu objetivo é reduzir os tempos de inatividade, aumentar a disponibilidade dos ativos e melhorar a eficiência operacional.

GUIA DE MANUTENÇÃO

Os princípios do Planejamento, Programação e Controle da Manutenção

Envolvem o planejamento detalhado de tarefas, uma programação adequada e um controle rigoroso para garantir a execução eficaz e pontual do trabalho de manutenção. Seu objetivo é reduzir os tempos de inatividade, aumentar a disponibilidade dos ativos e melhorar a eficiência operacional.

O departamento de planejamento aumenta a capacidade do departamento de manutenção para completar ordens de serviço. Os planos de trabalho evitam atrasos previstos, melhoram trabalhos anteriores e permitem a programação.

A programação antecipada permite que os supervisores atribuam e controlem a quantidade adequada de trabalho. Uma equipe de trabalho está pronta para começar imediatamente ao receber uma tarefa planejada e agendada, porque todas as instruções, peças, ferramentas, autorizações e outros arranjos estão prontos. Assim, as atividades de manutenção estão prontas para começar da maneira correta.

Uma vez iniciadas as atividades, entra em jogo a fase de controle de manutenção, onde todos os recursos humanos, incluindo planejadores, supervisores e técnicos, devem se alinhar para garantir que as ordens de serviço sejam cumpridas de acordo com o plano de trabalho e dentro do tempo estabelecido.

gestao-da-manutencao-email-header-masterclass-engeteles


Princípios do planejamento da manutenção

A seguir, apresentamos os 6 princípios de planejamento, programação e os passos para um controle eficaz das tarefas de manutenção.

1. Estabelecer departamentos separados

Os planejadores não fazem parte das equipes de trabalhadores técnicos e muito menos executam tarefas manuais.

2. Focar no trabalho futuro

O departamento de planejamento deve se concentrar sempre no trabalho futuro, ou seja, o trabalho que ainda não começou.

3. Criar arquivos sobre níveis de componentes

O setor deve manter um sistema de arquivos simples e seguro baseado nos números de etiqueta dos equipamentos, com todas as informações importantes.

4. Estimar as tarefas com base na experiência do planejador 

No mínimo, os planejadores são técnicos experientes de alto nível que foram treinados em técnicas de planejamento.

5. Reconhecer a habilidade dos técnicos  

Aqui é necessário perguntar o quê e o porquê, antes do como. Também é importante considerar que a habilidade e o feedback dos técnicos ajudarão a evoluir os planos de manutenção.

6. Medir o desempenho com amostragem do trabalho 

Medir o desempenho do planejamento por meio da análise de atrasos com amostragem de trabalho.

Os 6 princípios do planejamento da Manutenção

Princípios da programação da manutenção

A programação também tem papel chave nas boas práticas de gestão e no alcance da eficácia operacional.

1. Planejar para o nível de habilidade mais baixo necessário

Os planos de trabalho devem fornecer o número de pessoas necessárias, o nível de habilidade delas, as horas de trabalho por técnico e informações sobre a duração do trabalho.

2. Enfatizar a importância dos horários e prioridades das tarefas

A programação semanal e diária deve ser seguida o mais fielmente possível. Estabelecer as prioridades adequadas nas novas solicitações de trabalho para evitar interrupções inadequadas nesses horários.

3. Programar com base na previsão das habilidades mais altas disponíveis

Um planejador desenvolve um cronograma semanal para cada equipe com base em uma previsão das horas de trabalho disponíveis, mostrando os níveis mais altos de habilidade, com seus planos de trabalho e prioridades.

4. Programar para cada hora de trabalho disponível

O cronograma de uma semana atribui tarefas para cada hora de trabalho disponível. O cronograma permite incluir emergências e trabalhos reativos de alta prioridade ao agendar uma quantidade adequada de horas de trabalho em tarefas que podem ser facilmente interrompidas.

5. O Líder de cada equipe deve gerenciar o trabalho diário

O supervisor usa o progresso atual das tarefas, o cronograma semanal e os trabalhos reativos ou de alta prioridade como guia. Também elabora um cronograma diário com um dia de antecedência, ajustado de acordo com as habilidades da equipe e as demandas das tarefas, além de reprogramar toda a equipe em caso de emergências.

6. Medir o desempenho através do cumprimento do cronograma

O "Wrench Time" é a medida principal da eficiência da força de trabalho e da eficácia do planejamento e programação. O trabalho que é planejado antes de ser atribuído reduz os atrasos desnecessários durante as tarefas, e o trabalho que é programado reduz os atrasos entre as tarefas.

Os principios da programação da manutenção

Como implementar um controle bem sucedido na gestão da manutenção

O controle total da manutenção pode ser alcançado com uma estrutura sólida de planejamento e programação. Mas claro, ter uma gestão bem feita, hierarquia organizacional e processual e uma cultura bem enraizada também faz parte do processo.

1. Construir uma cultura de manutenção

Desenvolver uma cultura em que cada indivíduo, desde a alta administração até a equipe de manutenção, compreenda a importância da manutenção e esteja comprometido com o seu sucesso. Isso implica em promover uma mentalidade de melhoria contínua, recompensar as boas práticas de manutenção e garantir que todos entendam como o seu papel se alinha com os objetivos gerais de manutenção da organização.

2. Estruturar a organização de manutenção  

Uma organização bem estruturada pode fazer uma grande diferença na eficácia da manutenção. Deve haver uma clara divisão de responsabilidades e uma cadeia de liderança eficaz. A organização deve promover a eficiência e minimizar a duplicação de esforços.

3. Implementar sistemas de manutenção baseados em condições (CBM)

Um sistema CBM utiliza sensores e tecnologia avançada para monitorar o estado do maquinário e do equipamento em tempo real. Isso permite realizar manutenção precisamente quando necessário, em vez de seguir um horário fixo, o que pode resultar em manutenção desnecessária ou negligência de problemas emergentes.

4. Planejar e controlar os projetos de manutenção

Os projetos de manutenção devem ser planejados com cuidado, levando em consideração tanto os recursos disponíveis quanto as necessidades operacionais. O controle dos projetos envolve o acompanhamento do progresso, o ajuste do planejamento quando necessário e a garantia de que os objetivos do projeto sejam alcançados.

5. Administrar as relações com fornecedores e contratados

Manter uma boa relação com fornecedores e contratados pode ser crucial para o sucesso da manutenção. Isso pode envolver a negociação de contratos favoráveis, a garantia de que os fornecedores e contratados cumpram suas obrigações e a colaboração para resolver qualquer problema que possa surgir.

6. Avaliar os riscos da manutenção

A gestão de riscos envolve a identificação dos problemas associados às atividades de manutenção e a implementação de medidas para reduzir esses riscos. Isso pode abranger diversas atividades, desde garantir que a equipe de manutenção esteja adequadamente treinada e equipada até a implementação de procedimentos de segurança e planos de contingência.

O papel do planejador de manutenção

O planejador de manutenção é o profissional encarregado de coordenar e supervisionar todas as atividades de manutenção dentro de uma organização. Seu objetivo principal é garantir que todos os equipamentos, maquinários e sistemas de uma empresa se mantenham em um ótimo estado de funcionamento, minimizando interrupções e maximizando a eficiência operacional.

A seguir, resumimos as principais responsabilidades, bem como as habilidades que todo planejador de manutenção deveria ter

Responsabilidades de um planejador de manutenção

  • Atribuir códigos às ordens de serviço;
  • Realizar inspeções de campo para determinar escopos de trabalho adequados;
  • Desenvolver planos de trabalho detalhados para a manutenção;
  • Manter um registro detalhado do histórico dos ativos da planta e outros arquivos técnicos;
  • Realizar tarefas de compras e preparação de materiais e ferramentas especiais;
  • Avaliar o feedback dos trabalhos para melhorar o planejamento futuro;
  • Manter-se atualizado sobre as regulamentações de segurança;
  • Estar familiarizado com o uso de tecnologias como sistemas CMMS que apoiam a função de manutenção.

Requisitos necessários para todo planejador de manutenção

  • Experiência técnica ou superior no cargo designado;
  • Conhecimento profundo de métodos, materiais, ferramentas e equipamentos usados na manutenção;
  • Familiaridade com equipamentos industriais de grande porte, como ventiladores, bombas e caldeiras e seus componentes associados;
  • Habilidade para identificar e reduzir riscos de segurança relacionados ao trabalho;
  • Capacidade de aplicar conhecimentos técnicos para identificar problemas no equipamento e encontrar soluções adequadas;
  • Habilidades sólidas de comunicação escrita e verbal;
  • Capacidade de manter relações de trabalho eficazes com todos os níveis de pessoal em sua organização;
  • Habilidade para ler, interpretar e aplicar informações de diversas fontes, incluindo arquivos, desenhos técnicos, catálogos, relatórios e manuais

Em conclusão, o planejamento, a programação e o controle da Manutenção (PPCM) são pilares fundamentais para assegurar a eficiência e a disponibilidade dos ativos em uma organização. O planejamento antecipado e detalhado das tarefas de manutenção evita atrasos e melhora a qualidade do trabalho.

A programação adequada, baseada nas habilidades da equipe e nas prioridades do trabalho, otimiza o uso de recursos e garante a execução oportuna das atividades de manutenção. Por fim, o controle constante do progresso do trabalho e o cumprimento do cronograma são essenciais para alcançar uma execução eficaz da manutenção.

O departamento de planejamento aumenta a capacidade do departamento de manutenção para completar ordens de serviço. Os planos de trabalho evitam atrasos previstos, melhoram trabalhos anteriores e permitem a programação.

A programação antecipada permite que os supervisores atribuam e controlem a quantidade adequada de trabalho. Uma equipe de trabalho está pronta para começar imediatamente ao receber uma tarefa planejada e agendada, porque todas as instruções, peças, ferramentas, autorizações e outros arranjos estão prontos. Assim, as atividades de manutenção estão prontas para começar da maneira correta.

Uma vez iniciadas as atividades, entra em jogo a fase de controle de manutenção, onde todos os recursos humanos, incluindo planejadores, supervisores e técnicos, devem se alinhar para garantir que as ordens de serviço sejam cumpridas de acordo com o plano de trabalho e dentro do tempo estabelecido.

gestao-da-manutencao-email-header-masterclass-engeteles


Princípios do planejamento da manutenção

A seguir, apresentamos os 6 princípios de planejamento, programação e os passos para um controle eficaz das tarefas de manutenção.

1. Estabelecer departamentos separados

Os planejadores não fazem parte das equipes de trabalhadores técnicos e muito menos executam tarefas manuais.

2. Focar no trabalho futuro

O departamento de planejamento deve se concentrar sempre no trabalho futuro, ou seja, o trabalho que ainda não começou.

3. Criar arquivos sobre níveis de componentes

O setor deve manter um sistema de arquivos simples e seguro baseado nos números de etiqueta dos equipamentos, com todas as informações importantes.

4. Estimar as tarefas com base na experiência do planejador 

No mínimo, os planejadores são técnicos experientes de alto nível que foram treinados em técnicas de planejamento.

5. Reconhecer a habilidade dos técnicos  

Aqui é necessário perguntar o quê e o porquê, antes do como. Também é importante considerar que a habilidade e o feedback dos técnicos ajudarão a evoluir os planos de manutenção.

6. Medir o desempenho com amostragem do trabalho 

Medir o desempenho do planejamento por meio da análise de atrasos com amostragem de trabalho.

Os 6 princípios do planejamento da Manutenção

Princípios da programação da manutenção

A programação também tem papel chave nas boas práticas de gestão e no alcance da eficácia operacional.

1. Planejar para o nível de habilidade mais baixo necessário

Os planos de trabalho devem fornecer o número de pessoas necessárias, o nível de habilidade delas, as horas de trabalho por técnico e informações sobre a duração do trabalho.

2. Enfatizar a importância dos horários e prioridades das tarefas

A programação semanal e diária deve ser seguida o mais fielmente possível. Estabelecer as prioridades adequadas nas novas solicitações de trabalho para evitar interrupções inadequadas nesses horários.

3. Programar com base na previsão das habilidades mais altas disponíveis

Um planejador desenvolve um cronograma semanal para cada equipe com base em uma previsão das horas de trabalho disponíveis, mostrando os níveis mais altos de habilidade, com seus planos de trabalho e prioridades.

4. Programar para cada hora de trabalho disponível

O cronograma de uma semana atribui tarefas para cada hora de trabalho disponível. O cronograma permite incluir emergências e trabalhos reativos de alta prioridade ao agendar uma quantidade adequada de horas de trabalho em tarefas que podem ser facilmente interrompidas.

5. O Líder de cada equipe deve gerenciar o trabalho diário

O supervisor usa o progresso atual das tarefas, o cronograma semanal e os trabalhos reativos ou de alta prioridade como guia. Também elabora um cronograma diário com um dia de antecedência, ajustado de acordo com as habilidades da equipe e as demandas das tarefas, além de reprogramar toda a equipe em caso de emergências.

6. Medir o desempenho através do cumprimento do cronograma

O "Wrench Time" é a medida principal da eficiência da força de trabalho e da eficácia do planejamento e programação. O trabalho que é planejado antes de ser atribuído reduz os atrasos desnecessários durante as tarefas, e o trabalho que é programado reduz os atrasos entre as tarefas.

Os principios da programação da manutenção

Como implementar um controle bem sucedido na gestão da manutenção

O controle total da manutenção pode ser alcançado com uma estrutura sólida de planejamento e programação. Mas claro, ter uma gestão bem feita, hierarquia organizacional e processual e uma cultura bem enraizada também faz parte do processo.

1. Construir uma cultura de manutenção

Desenvolver uma cultura em que cada indivíduo, desde a alta administração até a equipe de manutenção, compreenda a importância da manutenção e esteja comprometido com o seu sucesso. Isso implica em promover uma mentalidade de melhoria contínua, recompensar as boas práticas de manutenção e garantir que todos entendam como o seu papel se alinha com os objetivos gerais de manutenção da organização.

2. Estruturar a organização de manutenção  

Uma organização bem estruturada pode fazer uma grande diferença na eficácia da manutenção. Deve haver uma clara divisão de responsabilidades e uma cadeia de liderança eficaz. A organização deve promover a eficiência e minimizar a duplicação de esforços.

3. Implementar sistemas de manutenção baseados em condições (CBM)

Um sistema CBM utiliza sensores e tecnologia avançada para monitorar o estado do maquinário e do equipamento em tempo real. Isso permite realizar manutenção precisamente quando necessário, em vez de seguir um horário fixo, o que pode resultar em manutenção desnecessária ou negligência de problemas emergentes.

4. Planejar e controlar os projetos de manutenção

Os projetos de manutenção devem ser planejados com cuidado, levando em consideração tanto os recursos disponíveis quanto as necessidades operacionais. O controle dos projetos envolve o acompanhamento do progresso, o ajuste do planejamento quando necessário e a garantia de que os objetivos do projeto sejam alcançados.

5. Administrar as relações com fornecedores e contratados

Manter uma boa relação com fornecedores e contratados pode ser crucial para o sucesso da manutenção. Isso pode envolver a negociação de contratos favoráveis, a garantia de que os fornecedores e contratados cumpram suas obrigações e a colaboração para resolver qualquer problema que possa surgir.

6. Avaliar os riscos da manutenção

A gestão de riscos envolve a identificação dos problemas associados às atividades de manutenção e a implementação de medidas para reduzir esses riscos. Isso pode abranger diversas atividades, desde garantir que a equipe de manutenção esteja adequadamente treinada e equipada até a implementação de procedimentos de segurança e planos de contingência.

O papel do planejador de manutenção

O planejador de manutenção é o profissional encarregado de coordenar e supervisionar todas as atividades de manutenção dentro de uma organização. Seu objetivo principal é garantir que todos os equipamentos, maquinários e sistemas de uma empresa se mantenham em um ótimo estado de funcionamento, minimizando interrupções e maximizando a eficiência operacional.

A seguir, resumimos as principais responsabilidades, bem como as habilidades que todo planejador de manutenção deveria ter

Responsabilidades de um planejador de manutenção

  • Atribuir códigos às ordens de serviço;
  • Realizar inspeções de campo para determinar escopos de trabalho adequados;
  • Desenvolver planos de trabalho detalhados para a manutenção;
  • Manter um registro detalhado do histórico dos ativos da planta e outros arquivos técnicos;
  • Realizar tarefas de compras e preparação de materiais e ferramentas especiais;
  • Avaliar o feedback dos trabalhos para melhorar o planejamento futuro;
  • Manter-se atualizado sobre as regulamentações de segurança;
  • Estar familiarizado com o uso de tecnologias como sistemas CMMS que apoiam a função de manutenção.

Requisitos necessários para todo planejador de manutenção

  • Experiência técnica ou superior no cargo designado;
  • Conhecimento profundo de métodos, materiais, ferramentas e equipamentos usados na manutenção;
  • Familiaridade com equipamentos industriais de grande porte, como ventiladores, bombas e caldeiras e seus componentes associados;
  • Habilidade para identificar e reduzir riscos de segurança relacionados ao trabalho;
  • Capacidade de aplicar conhecimentos técnicos para identificar problemas no equipamento e encontrar soluções adequadas;
  • Habilidades sólidas de comunicação escrita e verbal;
  • Capacidade de manter relações de trabalho eficazes com todos os níveis de pessoal em sua organização;
  • Habilidade para ler, interpretar e aplicar informações de diversas fontes, incluindo arquivos, desenhos técnicos, catálogos, relatórios e manuais

Em conclusão, o planejamento, a programação e o controle da Manutenção (PPCM) são pilares fundamentais para assegurar a eficiência e a disponibilidade dos ativos em uma organização. O planejamento antecipado e detalhado das tarefas de manutenção evita atrasos e melhora a qualidade do trabalho.

A programação adequada, baseada nas habilidades da equipe e nas prioridades do trabalho, otimiza o uso de recursos e garante a execução oportuna das atividades de manutenção. Por fim, o controle constante do progresso do trabalho e o cumprimento do cronograma são essenciais para alcançar uma execução eficaz da manutenção.

Calculadora de ROI - Fracttal One

A redução de custos começa com a Fracttal

Acesse a calculadora e veja o quanto você pode economizar nos custos de manutenção da sua empresa com o Fracttal One.

Calculadora de ROI - Fracttal One

A redução de custos começa com a Fracttal

Acesse a calculadora e veja o quanto você pode economizar nos custos de manutenção da sua empresa com o Fracttal One.

Perguntas frequentes

Confira as perguntas frequentes sobre PPCM

O que é PPCM?

PPCM significa Planejamento, Programação e Controle da Manutenção. É um conjunto de atividades que visam garantir que as ações de manutenção sejam realizadas de forma eficiente e eficaz, a fim de garantir a confiabilidade, disponibilidade e eficiência dos ativos.

Quais são as atividades do PPCM?

As atividades do PPCM podem ser divididas em três grandes grupos:

Planejamento: Esta atividade consiste em definir as ações de manutenção que serão realizadas, bem como o cronograma e os recursos necessários para sua execução.

Programação: Esta atividade consiste em definir as datas e horários específicos em que as ações de manutenção serão realizadas.

Controle: Esta atividade consiste em monitorar o andamento das ações de manutenção e tomar as medidas necessárias para garantir que sejam realizadas conforme o planejado.

Qual a importância do PPCM?

O PPCM é importante para garantir que as ações de manutenção sejam realizadas de forma eficiente e eficaz, a fim de evitar paradas não programadas, reduzir custos e aumentar a produtividade.

Como implementar o PPCM?

A implementação do PPCM deve ser realizada em etapas, começando com a definição dos objetivos e metas do programa. Em seguida, é necessário realizar um diagnóstico da situação atual da manutenção, a fim de identificar oportunidades de melhoria. Depois disso, é necessário desenvolver um plano de ação para implementar as melhorias identificadas.

Quais são as vantagens do PPCM?

As vantagens do PPCM incluem:

Redução de paradas não programadas: O PPCM ajuda a identificar e corrigir problemas antes que eles causem falhas, o que evita paradas não programadas.

Redução de custos: O PPCM pode ajudar a reduzir os custos de manutenção, evitando substituições de peças desnecessárias e paradas não programadas.

Aumento da produtividade: O PPCM ajuda a garantir que os ativos estejam disponíveis quando necessário, o que pode levar a um aumento da produtividade.

Quais são os desafios do PPCM?

Os desafios do PPCM incluem:

Resistência ao change management: O PPCM requer uma mudança na cultura da manutenção, o que pode ser um desafio.

Dificuldade em coletar dados: A coleta de dados é essencial para o PPCM, mas pode ser difícil e demorada.

Falta de recursos: O PPCM pode exigir recursos que não estão disponíveis, como mão de obra qualificada e software de manutenção.

Quais são os tipos de manutenção?

Os tipos de manutenção podem ser divididos em duas grandes categorias:

Manutenção corretiva: Esta manutenção é realizada após a ocorrência de uma falha.

Manutenção preventiva: Esta manutenção é realizada de forma regular, a fim de evitar falhas.

Quais são os principais métodos de manutenção preventiva?

Os principais métodos de manutenção preventiva incluem:

Manutenção baseada em tempo: Esta manutenção é realizada com base em um cronograma predefinido.

Manutenção baseada no uso: Esta manutenção é realizada com base no nível de uso do equipamento.

Manutenção baseada em condições: Esta manutenção é realizada com base na análise de dados sobre o desempenho do equipamento.

Quais são as ferramentas e técnicas utilizadas no PPCM?

As ferramentas e técnicas utilizadas no PPCM incluem:

Gestão de ativos: Esta ferramenta permite rastrear e gerenciar os ativos da empresa, incluindo informações como localização, condições e histórico de manutenção.

Planejamento de manutenção: Esta ferramenta permite planejar e programar ações de manutenção, com base nas necessidades dos ativos.

Gestão de estoque: Esta ferramenta permite gerenciar o estoque de peças de reposição, a fim de garantir que os componentes necessários estejam disponíveis quando necessários.

Quais são as tendências do PPCM?

As tendências do PPCM incluem:

A adoção da manutenção baseada em condições: A CBM é uma abordagem de manutenção que se concentra na identificação e correção de problemas antes que eles causem falhas.

O uso de tecnologias digitais: As tecnologias digitais, como a Internet das Coisas (IoT) e a inteligência artificial (IA), estão sendo cada vez mais utilizadas para melhorar a eficiência e a eficácia da manutenção.

Saiba mais sobre ordens de serviço

Conheça tecnologias, processos de gestão e regulamentações

Como tornar seu sistema de gestão de OS mais eficaz?

Leia mais trending_flat

Software de OS: desvendando a eficiência na gestão de manutenção

Leia mais trending_flat

Alcançando a conformidade com a ISO 9001 na gestão da manutenção

Leia mais trending_flat

A Manutenção Inteligente
ao alcance de todos

Controle, eficiência e gestão para a sua equipe

machine