arrow_back

Funções de uma ordem de serviço (OS)

A Ordem de Serviço (OS) é o documento principal no setor de manutenção das empresas. Por meio dela são passadas as informações desde o planejador até a execução e vice-versa.

Essa dinâmica possibilita o controle e registro de versões do documento que é tão importante para o registro histórico na manutenção quando se fala em tratativas de falhas e monitoramento das condições dos ativos. Mas a função da Ordem de Serviço vai além desse registro.

Sua principal função, é a de transmitir as informações necessárias aos mantenedores sobre as atividades que devem ser conduzidas em campo em um determinado ativo ou grupo de ativos físicos.

Nela estão descritas as atividades (o que) e como essas atividades devem ser conduzidas, levando em conta restrições de segurança, parâmetros operacionais, set de ferramentas, tempos de deslocamento, tempos de aguardo de material, tempos de aguardo de liberação do ativo, etc.

A figura a seguir mostra um padrão de Ordem de Serviço, já montado esquematicamente, que possui em sua estrutura todos os campos funcionais e necessários para um bom controle do serviço a ser executado, sendo eles: cabeçalho, Tempos de Pré-Execução (TPE), Tempos de Execução (Produtivos), Tempos de Pós Execução (TPO), assinaturas.

1629413070814

Portanto, a ordem de serviço é principal ferramenta escolhida para o gerenciamento da informação. A informação contida na ordem de serviço é a garantia de uma ação de manutenção confiável e precisa.

 

Felipe Braidotti
Consultor pleno de gestão de ativos na Braidotti Engenharia & Consultoria

Nenhum vídeo selecionado

Selecione um tipo de vídeo na barra lateral.