O que são os Índices de Proteção (IP)?

A segurança e a durabilidade dos equipamentos eletrônicos e sistemas tornaram-se um dos aspectos críticos mais importantes a serem considerados na indústria. Para avaliar e garantir esses fatores, são usados os Índices de Proteção (IP) do inglês Ingress Protection, um sistema de classificação reconhecido internacionalmente.

Neste artigo, exploramos em detalhes o que são os Índices de Proteção (IP), como são definidos, sua importância em diversas indústrias, as normas associadas e sua relevância em um mundo cada vez mais digital.

O que são os índices de proteção (IP)?

Os Índices de Proteção (IP), também conhecidos como Classificação IP ou Índice IP, são um padrão internacional que define o nível de proteção oferecido por um dispositivo ou equipamento elétrico contra a entrada de corpos sólidos e líquidos.

A seguir, apresentaremos uma descrição detalhada dos IPs, compostos por dois dígitos: o primeiro indica a proteção contra sólidos e o segundo, contra líquidos.

Proteção contra sólidos (primeiro dígito)

O primeiro dígito na classificação IP se refere à proteção contra objetos sólidos. Cada número representa o nível de proteção fornecido:

  • Grau 0 (IP0X): Sem proteção. O equipamento não oferece defesa contra a entrada de sólidos ou líquidos.

  • Grau 1 (IP1X): Proteção contra objetos sólidos acima de 50 mm. Por exemplo, protege contra a entrada de uma mão.

  • Grau 2 (IP2X): Proteção contra objetos sólidos acima de 12,5 mm. Pode impedir a entrada de dedos humanos.

  • Grau 3 (IP3X): Proteção contra objetos sólidos acima de 2,5 mm. Eficiente contra ferramentas e cabos.

  • Grau 4 (IP4X): Proteção contra objetos sólidos acima de 1 mm. Impede a entrada de pequenos cabos.

  • Grau 5 (IP5X): Oferece proteção limitada contra poeira, evitando a entrada em quantidades prejudiciais.

  • Grau 6 (IP6X): Oferece proteção total contra poeira, assegurando que nenhum resíduo prejudicial possa ingressar.

Proteção contra líquidos (segundo dígito)

O segundo dígito na classificação IP se concentra na proteção contra líquidos, e seus valores representam a capacidade de defesa:

  • Grau 0 (IPX0): Sem proteção contra líquidos. Não oferece defesa contra a entrada de água ou líquidos.

  • Grau 1 (IPX1): Proteção contra gotas verticais de água. Pode proteger contra pequenas gotas de água que caem verticalmente.

  • Grau 2 (IPX2): Oferece proteção contra gotas de água inclinadas (até 15 graus da vertical).

  • Grau 3 (IPX3): Proteção contra respingos de água. Resistente à pulverização de água de ângulos diversos.

  • Grau 4 (IPX4): Proteção contra respingos de água. Protege contra respingos e jatos de água de qualquer direção.

  • Grau 5 (IPX5): Proteção contra jatos de água. Pode resistir a jatos de água de alta pressão.

  • Grau 6 (IPX6): Proteção contra jatos de água fortes. Resiste a jatos de água muito potentes.

  • Grau 7 (IPX7): Proteção contra imersão temporária em água. Pode ser submerso temporariamente sem danos.

  • Grau 8 (IPX8): Proteção contra imersão contínua em água. Capaz de manter a integridade sob imersão contínua.

indice-de-protecao-ip-1

Tipos mais comuns de índices de proteção na indústria

Na indústria, os Índices de Proteção mais comuns costumam equilibrar a proteção contra sólidos e líquidos, visto que muitas aplicações industriais enfrentam ambos os desafios. Aqui estão alguns dos IPs mais comuns na indústria:

IP54: É comum em equipamentos industriais, oferecendo boa resistência ao pó e à maioria dos respingos de água. Dispositivos com IP54 são adequados para ambientes industriais sujeitos a condições ambientais variáveis.

IP65: É comum em equipamentos que exigem proteção substancial contra pó e jatos de água. Dispositivos com IP65 são apropriados para ambientes que demandam limpeza com água, como na indústria alimentícia.

IP66: Similar ao IP65, mas com proteção adicional contra jatos de água de alta pressão. Equipamentos com IP66 são ideais para aplicações que requerem limpeza frequente e minuciosa.

IP67: São altamente resistentes ao pó e podem ser submersos em água até um metro de profundidade por tempo limitado. São adequados para ambientes industriais expostos a condições úmidas e empoeiradas.

IP68: O mais alto grau de proteção contra líquidos, permitindo imersão em água a maiores profundidades por períodos prolongados. Ideal para dispositivos em ambientes extremamente úmidos ou submersos.

IP69K: Um grau de proteção extremamente alto, usado em ambientes industriais rigorosos. Dispositivos com IP69K resistem a jatos de água de alta pressão em temperaturas elevadas, sendo ideais para indústrias alimentícias e automotivas que necessitam de limpeza agressiva.

Estes são alguns dos Índices de Proteção mais comuns na indústria, porém existem muitas outras classificações específicas para atender às necessidades de diversas aplicações industriais.

especificaciones-ip66-pt-br-blog

A escolha do índice de proteção apropriado depende das condições ambientais em que o equipamento será utilizado e do grau de proteção necessário para garantir seu funcionamento seguro e confiável.

Aspectos de design e materiais para cumprir os Índices de Proteção

Atender aos Índices de Proteção envolve cuidar minuciosamente do design e dos materiais utilizados na fabricação de equipamentos e dispositivos. Por isso, existem alguns aspectos-chave de design e materiais para alcançar diferentes IPs.

Vedação efetiva

O design deve incorporar vedantes e juntas herméticas para prevenir a entrada de sólidos e líquidos. Esses selos devem ser duráveis e resistentes ao desgaste para manter sua eficácia ao longo do tempo.

Estrutura resistente

Utilizar estruturas robustas e fortes feitas de materiais apropriados, como aço inoxidável, alumínio ou plásticos de alta qualidade. Esses materiais precisam resistir à corrosão, exposição a produtos químicos e impactos.

Conectores e entradas selados

Os conectores, interruptores e entradas devem ser projetados para preservar a integridade do índice de proteção. Conectores selados e tampas herméticas são essenciais para evitar a entrada de água e poeira.

Design de ventilação

Se necessário para o funcionamento do equipamento, o design da ventilação deve incluir filtros adequados que permitam a circulação de ar sem comprometer a proteção contra a entrada de partículas.

Proteção de telas

Em dispositivos com telas, é necessário usar materiais resistentes e, em alguns casos, películas protetoras ou coberturas para garantir a proteção contra respingos de água e poeira.

Acabamentos e revestimentos

Aplicar acabamentos e revestimentos resistentes à corrosão e ao desgaste, especialmente importante em ambientes industriais e externos.

Fechamentos herméticos

Usar fechamentos herméticos, como travas, fechos de alavanca ou sistemas de travamento com pressão, para garantir que estruturas e tampas estejam bem vedadas.

Materiais de vedação

Utilizar materiais de vedação adequados, como silicone, borracha ou polímeros elastoméricos, compatíveis com o ambiente e que mantenham sua elasticidade ao longo do tempo.

Testes de validação

Realizar testes de validação para garantir que o design atenda aos requisitos do índice de proteção específico. Estes testes podem incluir imersão, pulverização de água e resistência ao pó.

Manutenção e inspeção

Projetar os equipamentos de modo a permitir manutenção adequada e inspeção dos vedantes e juntas herméticas para garantir sua integridade ao longo do tempo.

Normas associadas aos Índices de Proteção

A norma internacional que regula a classificação IP é a Norma IEC 60529, também conhecida como EN 60529 na Europa. Esta norma estabelece os procedimentos de teste e os critérios de classificação para os Índices de Proteção. Laboratórios de teste utilizam essas normas para avaliar e certificar dispositivos de acordo com seu índice de proteção.

A importância dos Índices de Proteção

A importância dos Índices de Proteção reside na segurança, durabilidade e funcionamento confiável de equipamentos e sistemas em diversas indústrias, como eletrônicos de consumo, indústria automotiva, manufatura, cuidados com a saúde e infraestrutura crítica.

Esses índices garantem a proteção dos dispositivos contra elementos que poderiam impactar negativamente seu funcionamento, como poeira, umidade, água e outros contaminantes.

Concluindo, os Índices de Proteção são essenciais na avaliação e certificação de equipamentos e sistemas em diversas indústrias. Ao compreender e aplicar esses índices, as organizações podem garantir que seus dispositivos operem de maneira segura e eficiente em ambientes desafiadores.

Quando se trata de segurança e integridade de sistemas e dispositivos, a classificação IP se tornou uma ferramenta inestimável para assegurar a confiabilidade e a durabilidade da tecnologia que usamos diariamente em nossos processos de produção.

Conheça o Fracttal Sense

Monitore o estado dos seus ativos e equipamentos

O Fracttal Sense é nossa linha de dispositivos com tecnologia IoT que permite monitorar o estado dos seus ativos, receber notificações sobre incidentes e criar solicitações de trabalho alinhadas à sua estratégia de manutenção.

Conheça o Fracttal Sense

Monitore o estado dos seus ativos e equipamentos

O Fracttal Sense é nossa linha de dispositivos com tecnologia IoT que permite monitorar o estado dos seus ativos, receber notificações sobre incidentes e criar solicitações de trabalho alinhadas à sua estratégia de manutenção.
arrow_back

O que são os Índices de Proteção (IP)?

A segurança e a durabilidade dos equipamentos eletrônicos e sistemas tornaram-se um dos aspectos críticos mais importantes a serem considerados na indústria. Para avaliar e garantir esses fatores, são usados os Índices de Proteção (IP) do inglês Ingress Protection, um sistema de classificação reconhecido internacionalmente.

Neste artigo, exploramos em detalhes o que são os Índices de Proteção (IP), como são definidos, sua importância em diversas indústrias, as normas associadas e sua relevância em um mundo cada vez mais digital.

O que são os índices de proteção (IP)?

Os Índices de Proteção (IP), também conhecidos como Classificação IP ou Índice IP, são um padrão internacional que define o nível de proteção oferecido por um dispositivo ou equipamento elétrico contra a entrada de corpos sólidos e líquidos.

A seguir, apresentaremos uma descrição detalhada dos IPs, compostos por dois dígitos: o primeiro indica a proteção contra sólidos e o segundo, contra líquidos.

Proteção contra sólidos (primeiro dígito)

O primeiro dígito na classificação IP se refere à proteção contra objetos sólidos. Cada número representa o nível de proteção fornecido:

  • Grau 0 (IP0X): Sem proteção. O equipamento não oferece defesa contra a entrada de sólidos ou líquidos.

  • Grau 1 (IP1X): Proteção contra objetos sólidos acima de 50 mm. Por exemplo, protege contra a entrada de uma mão.

  • Grau 2 (IP2X): Proteção contra objetos sólidos acima de 12,5 mm. Pode impedir a entrada de dedos humanos.

  • Grau 3 (IP3X): Proteção contra objetos sólidos acima de 2,5 mm. Eficiente contra ferramentas e cabos.

  • Grau 4 (IP4X): Proteção contra objetos sólidos acima de 1 mm. Impede a entrada de pequenos cabos.

  • Grau 5 (IP5X): Oferece proteção limitada contra poeira, evitando a entrada em quantidades prejudiciais.

  • Grau 6 (IP6X): Oferece proteção total contra poeira, assegurando que nenhum resíduo prejudicial possa ingressar.

Proteção contra líquidos (segundo dígito)

O segundo dígito na classificação IP se concentra na proteção contra líquidos, e seus valores representam a capacidade de defesa:

  • Grau 0 (IPX0): Sem proteção contra líquidos. Não oferece defesa contra a entrada de água ou líquidos.

  • Grau 1 (IPX1): Proteção contra gotas verticais de água. Pode proteger contra pequenas gotas de água que caem verticalmente.

  • Grau 2 (IPX2): Oferece proteção contra gotas de água inclinadas (até 15 graus da vertical).

  • Grau 3 (IPX3): Proteção contra respingos de água. Resistente à pulverização de água de ângulos diversos.

  • Grau 4 (IPX4): Proteção contra respingos de água. Protege contra respingos e jatos de água de qualquer direção.

  • Grau 5 (IPX5): Proteção contra jatos de água. Pode resistir a jatos de água de alta pressão.

  • Grau 6 (IPX6): Proteção contra jatos de água fortes. Resiste a jatos de água muito potentes.

  • Grau 7 (IPX7): Proteção contra imersão temporária em água. Pode ser submerso temporariamente sem danos.

  • Grau 8 (IPX8): Proteção contra imersão contínua em água. Capaz de manter a integridade sob imersão contínua.

indice-de-protecao-ip-1

Tipos mais comuns de índices de proteção na indústria

Na indústria, os Índices de Proteção mais comuns costumam equilibrar a proteção contra sólidos e líquidos, visto que muitas aplicações industriais enfrentam ambos os desafios. Aqui estão alguns dos IPs mais comuns na indústria:

IP54: É comum em equipamentos industriais, oferecendo boa resistência ao pó e à maioria dos respingos de água. Dispositivos com IP54 são adequados para ambientes industriais sujeitos a condições ambientais variáveis.

IP65: É comum em equipamentos que exigem proteção substancial contra pó e jatos de água. Dispositivos com IP65 são apropriados para ambientes que demandam limpeza com água, como na indústria alimentícia.

IP66: Similar ao IP65, mas com proteção adicional contra jatos de água de alta pressão. Equipamentos com IP66 são ideais para aplicações que requerem limpeza frequente e minuciosa.

IP67: São altamente resistentes ao pó e podem ser submersos em água até um metro de profundidade por tempo limitado. São adequados para ambientes industriais expostos a condições úmidas e empoeiradas.

IP68: O mais alto grau de proteção contra líquidos, permitindo imersão em água a maiores profundidades por períodos prolongados. Ideal para dispositivos em ambientes extremamente úmidos ou submersos.

IP69K: Um grau de proteção extremamente alto, usado em ambientes industriais rigorosos. Dispositivos com IP69K resistem a jatos de água de alta pressão em temperaturas elevadas, sendo ideais para indústrias alimentícias e automotivas que necessitam de limpeza agressiva.

Estes são alguns dos Índices de Proteção mais comuns na indústria, porém existem muitas outras classificações específicas para atender às necessidades de diversas aplicações industriais.

especificaciones-ip66-pt-br-blog

A escolha do índice de proteção apropriado depende das condições ambientais em que o equipamento será utilizado e do grau de proteção necessário para garantir seu funcionamento seguro e confiável.

Aspectos de design e materiais para cumprir os Índices de Proteção

Atender aos Índices de Proteção envolve cuidar minuciosamente do design e dos materiais utilizados na fabricação de equipamentos e dispositivos. Por isso, existem alguns aspectos-chave de design e materiais para alcançar diferentes IPs.

Vedação efetiva

O design deve incorporar vedantes e juntas herméticas para prevenir a entrada de sólidos e líquidos. Esses selos devem ser duráveis e resistentes ao desgaste para manter sua eficácia ao longo do tempo.

Estrutura resistente

Utilizar estruturas robustas e fortes feitas de materiais apropriados, como aço inoxidável, alumínio ou plásticos de alta qualidade. Esses materiais precisam resistir à corrosão, exposição a produtos químicos e impactos.

Conectores e entradas selados

Os conectores, interruptores e entradas devem ser projetados para preservar a integridade do índice de proteção. Conectores selados e tampas herméticas são essenciais para evitar a entrada de água e poeira.

Design de ventilação

Se necessário para o funcionamento do equipamento, o design da ventilação deve incluir filtros adequados que permitam a circulação de ar sem comprometer a proteção contra a entrada de partículas.

Proteção de telas

Em dispositivos com telas, é necessário usar materiais resistentes e, em alguns casos, películas protetoras ou coberturas para garantir a proteção contra respingos de água e poeira.

Acabamentos e revestimentos

Aplicar acabamentos e revestimentos resistentes à corrosão e ao desgaste, especialmente importante em ambientes industriais e externos.

Fechamentos herméticos

Usar fechamentos herméticos, como travas, fechos de alavanca ou sistemas de travamento com pressão, para garantir que estruturas e tampas estejam bem vedadas.

Materiais de vedação

Utilizar materiais de vedação adequados, como silicone, borracha ou polímeros elastoméricos, compatíveis com o ambiente e que mantenham sua elasticidade ao longo do tempo.

Testes de validação

Realizar testes de validação para garantir que o design atenda aos requisitos do índice de proteção específico. Estes testes podem incluir imersão, pulverização de água e resistência ao pó.

Manutenção e inspeção

Projetar os equipamentos de modo a permitir manutenção adequada e inspeção dos vedantes e juntas herméticas para garantir sua integridade ao longo do tempo.

Normas associadas aos Índices de Proteção

A norma internacional que regula a classificação IP é a Norma IEC 60529, também conhecida como EN 60529 na Europa. Esta norma estabelece os procedimentos de teste e os critérios de classificação para os Índices de Proteção. Laboratórios de teste utilizam essas normas para avaliar e certificar dispositivos de acordo com seu índice de proteção.

A importância dos Índices de Proteção

A importância dos Índices de Proteção reside na segurança, durabilidade e funcionamento confiável de equipamentos e sistemas em diversas indústrias, como eletrônicos de consumo, indústria automotiva, manufatura, cuidados com a saúde e infraestrutura crítica.

Esses índices garantem a proteção dos dispositivos contra elementos que poderiam impactar negativamente seu funcionamento, como poeira, umidade, água e outros contaminantes.

Concluindo, os Índices de Proteção são essenciais na avaliação e certificação de equipamentos e sistemas em diversas indústrias. Ao compreender e aplicar esses índices, as organizações podem garantir que seus dispositivos operem de maneira segura e eficiente em ambientes desafiadores.

Quando se trata de segurança e integridade de sistemas e dispositivos, a classificação IP se tornou uma ferramenta inestimável para assegurar a confiabilidade e a durabilidade da tecnologia que usamos diariamente em nossos processos de produção.

Conheça o Fracttal Sense

Monitore o estado dos seus ativos e equipamentos

O Fracttal Sense é nossa linha de dispositivos com tecnologia IoT que permite monitorar o estado dos seus ativos, receber notificações sobre incidentes e criar solicitações de trabalho alinhadas à sua estratégia de manutenção.

Conheça o Fracttal Sense

Monitore o estado dos seus ativos e equipamentos

O Fracttal Sense é nossa linha de dispositivos com tecnologia IoT que permite monitorar o estado dos seus ativos, receber notificações sobre incidentes e criar solicitações de trabalho alinhadas à sua estratégia de manutenção.