arrow_back

O papel da Manutenção Enxuta no desenvolvimento da melhoria contínua

A manutenção compartilha custos operacionais significativos em uma organização. É considerado um dos principais pilares do desempenho organizacional. O pensamento enxuto pode ser incorporado às atividades de manutenção por meio da aplicação de seus princípios e práticas e a manutenção enxuta é um pré-requisito para sistemas de manufatura enxuta.

A exaustiva revisão da literatura foi conduzida para coletar as estratégias e atividades de manutenção atualizadas, princípios e práticas enxutas nesse processo. O escopo deste documento inclui oito tipos de resíduos (atividades de manutenção sem valor agregado), mapeamento do fluxo de valor de manutenção e um esquema de práticas de manutenção enxuta.

A manutenção enxuta foi erroneamente considerada uma derivação ou um subconjunto da manufatura enxuta. O que os gerentes de negócios não perceberam é que a manutenção enxuta é, na verdade, um pré-requisito para o sucesso da manufatura enxuta. É uma disciplina independente sob o conceito amplo de gerenciamento ou gestão de negócios lean.

Definição

A manutenção enxuta é uma operação de manutenção proativa que emprega atividades de manutenção programada e planejada por meio de práticas de manutenção produtiva total (TPM), utilizando estratégias que foram desenvolvidas através da aplicação de ideias de decisão de manutenção centrada na confiabilidade (RCM) e realizadas por equipes de ação autodirigidas empregando os seguintes princípios de melhoria:

  • Definir o valor usando o ponto de vista do usuário final.
  • Identificar cada etapa do processo de negócios e descartar as etapas que não geram muito valor.
  • Criar uma sequência precisa das etapas que geram ou produzam valor.
  • Repetir todas essas etapas progressivamente até que todas as etapas desnecessárias sejam eliminadas.

Características - A manutenção enxuta pode ser explicada e ilustrada por meio de alguns pontos que a caracterizam:

Proativa - a operação de manutenção tradicional é reativa. As operações de manutenção reagem à falha do equipamento. A manutenção não faz nada até que haja uma avaria, tornando a manutenção uma denominação incorreta porque a reparação nunca é equivalente a manutenção. Na manutenção enxuta, medidas pró-ativas são tomadas para prevenir falhas nos equipamentos por meio de ações de manutenção preditiva e preventiva. O objetivo é eliminar trabalhos de reparo, evitando falhas de equipamentos.

Planejada e programada - manutenção planejada sob chamadas de manutenção enxuta para o uso de atividades de manutenção estabelecidas que identificam as etapas, recursos de mão de obra, requisitos de materiais e peças, alocação de tempo e procedimentos técnicos. A manutenção programada exige o estabelecimento de prioridades de trabalho, emissão de ordem de trabalho, atribuição de recursos de mão de obra, de período de tempo para o desempenho da tarefa e a separação e preparação dos materiais e peças.

Manutenção produtiva total (TPM) - É a iniciativa para a otimização da eficácia e confiabilidade dos equipamentos de fabricação. Aborda todo o ciclo de vida do sistema de produção, construindo um sistema sólido de base que visa prevenir todos os tipos de perdas. A manutenção total da produção também visa eliminar todas as formas de quebras, defeitos e acidentes.

Manutenção centrada na confiabilidade (RCM) - Enquanto o TPM se concentra na prevenção de avarias, mantendo a eficácia e confiabilidade do equipamento, a manutenção centrada na confiabilidade está focada na otimização da eficácia das tarefas de manutenção.

Equipes de ação com poder - As atividades das equipes de ação são focadas em um forte desempenho e são orientadas para a tarefa. Eles são organizados com o objetivo de realizar tarefas integradas e completas, exigindo, portanto, a adesão de vários departamentos. As equipes têm autonomia nas suas funções administrativas e os membros têm a participação na seleção de novos membros. Os membros das equipes possuem múltiplas habilidades para permitir que se adaptem a ocorrências ou eventos imprevistos no curso de seu trabalho.

Processo 5S - Melhorar e manter o local de trabalho envolve cinco atividades:

  • Classificar ou remover itens desnecessários;
  • Organizar o ambiente de trabalho;
  • Limpar tudo do ambiente de trabalho;
  • Padronizar o ambiente de trabalho;
  • Divulgar ou expandir o processo de manutenção para outras áreas.

Just in Time (JIT) -  conceito usado em referência ao estoque. As empresas usam essa estratégia para reduzir o desperdício durante o processo de produção, recebendo mercadorias em seu estoque apenas quando necessário.

Na manutenção enxuta, os operadores visam prever os reparos com a maior precisão possível. Os reparos nunca devem ser feitos muito cedo ou muito tarde e todas as peças sobressalentes necessárias devem estar disponíveis no momento devido, ou seja, monitore o equipamento e compre peças “just in time” para a próxima tarefa de manutenção.

Eliminação dos sete resíduos mortais - Reduza as etapas do processo que não agregam valor com a regra “TIM WOOD”.

  • Transportation - mudança de itens como ferramentas, de um lugar para outro, desnecessariamente.
  • Inventory - atividades acumuladas como ordens de serviço ou currículos que chegam.
  • Motion - movimento indesejável devido ao design de trabalho ou layout ruim.
  • Waiting - atrasos e tempo ocioso como resultado de inatividade, escassez de peças, aprovação lenta, etc.
  • Overprocessing - realização de um trabalho que o cliente não vai pagar ou não requer.
  • Overproduction - produção maios do que a quantidade necessária de um bom “just in case”.
  • Defeitos (retrabalho) - recursos desperdiçados durante a correção de erros de reparo ou manutenção.

Melhorias Kaizen - Filosofia por trás do gerenciamento enxuto que exige melhoria contínua no processo de produção. Requer que cada processo seja continuamente avaliado e melhorado em termos de tempo envolvido, recursos utilizados, qualidade dos resultados e outros aspectos relacionados ao processo.

Confiabilidade do equipamento - as estatísticas de manutenção mostram que uma grande porcentagem de avarias de equipamentos são auto-induzidas. Uma grande responsabilidade da manutenção enxuta, portanto, envolve descobrir as causas das falhas do equipamento, por isso e engenharia de confiabilidade do equipamento se torna uma preocupação.

A engenharia de confiabilidade inclui as seguintes responsabilidades:

  • Avaliação da eficácia da manutenção preventiva;
  • Desenvolvimento de sistema e procedimento de análise de manutenção preditiva;
  • Realização do monitoramento de condição e teste de equipamento;
  • Uso de técnicas de engenharia para aumentar a vida útil do equipamento;
  • Análise de peças com falhas;
  • Controle de recorrência do problema.

Planejamento para Manutenção Enxuta: orientações para ajudar com os estágios preparatórios da implementação:

  • Manutenção proativa: a manutenção proativa, em vez de reativa, já deve estar implementada e operacional.

  • Um sistema de ordem de serviço: captura todo o trabalho atribuído com detalhes sobre programações de manutenção e status do trabalho. Quando gerenciados em um sistema de gerenciamento de manutenção computadorizado (CMMS), as ordens de serviço são inestimáveis para acesso rápido às informações, especialmente o histórico do equipamento.

  • Um CMMS: um CMMS deve executar as seguintes funções: orçamento e custo, gerenciamento de ordem de trabalho, planejamento e programação, gerenciamento de peças sobressalentes, relatórios e gestão de mão de obra.

  • Um inventário de ativos atualizado: isso ajudará a garantir que nenhuma máquina seja esquecida durante o planejamento de manutenção.

  • Treinamento e capacitação dos operadores: Ambos são necessários antes de entregar as máquinas a eles. O treinamento e a capacitação devem ser totalmente exauridos como parte da implementação do TPM.

O gerenciamento da manutenção é uma questão crítica entre as atividades de gerenciamento da organização de manufatura e cresce rapidamente em um ambiente muito complexo à medida que as tecnologias, a concorrência e as características do produto evoluem.

Com o objetivo de alcançar um desempenho de classe mundial, as estratégias de manutenção devem estar ligadas às estratégias de manufatura como manufatura enxuta e ágil. A seleção de uma estratégia de manutenção eficaz mantém um alto grau de utilização, confiabilidade e disponibilidade de instalações de manufatura, especialmente no processo de produção contínua.

Além disso, as estratégias de manutenção eficazes reduzem o desperdício de materiais, peças sobressalentes e equipamentos. A manutenção enxuta cria o ambiente necessário para um processo de manufatura enxuto e eficiente.

elayne

CTA BLOG-01