arrow_back

Indicadores de manutenção e como eles impactam seus negócios

Para garantir a disponibilidade de ativos que estão na base do dia a dia das empresas, é necessário conhecer e medir diversos indicadores de manutenção para gerar benefícios significativos para as organizações. 

Os principais indicadores de manutenção 

Existem alguns indicadores-chave para garantir a continuidade operacional e conhecê-los nos permite implementar estratégias de manutenção que aumentam o tempo de atividade e reduzem os custos de reparos ou reposição de peças. Dois dos mais importantes são a disponibilidade total e por falha.

Disponibilidade total 

O tempo médio que uma equipe está disponível. Este cálculo é o resultado da soma do tempo de inatividade planejado (manutenção) e não planejado (reparos por falhas). 

Disponibilidade por falhas 

O tempo médio que um ativo estará funcional até sua próxima falha (definido a partir do MTBF, tempo médio entre falhas). Está diretamente relacionado à confiabilidade dos ativos, pois permite identificar quais apresentam mais riscos aos workflows. 

Vantagens de monitorar indicadores de manutenção 

Indicadores como os anteriores são essenciais para que as empresas otimizem seus processos diários e atendam aos objetivos traçados. Nesse sentido, uma correta gestão desses elementos resulta em importantes vantagens para as organizações como: 

1. Aumento da rentabilidade 

Estar atento aos indicadores de manutenção preventiva nos permite atuar de forma proativa e não reativa, antecipando falhas. Isso permite evitar despesas como a compra de peças de reposição ou reparos, que acarretam em uma perda econômica considerável em caso de máquinas paradas. Por meio do monitoramento constante e próximo dos principais indicadores de manutenção preventiva, é possível otimizar recursos e aumentar a rentabilidade do negócio.

2. Aumento da vida útil dos ativos 

Com o monitoramento de indicadores de manutenção preventiva, é possível aumentar a vida útil dos ativos, melhorando a produtividade e a rentabilidade do negócio. Quando os ativos produtivos possuem todas as peças em boas condições e funcionam de forma otimizada, garantimos melhor desempenho e, portanto, maior retorno sobre o investimento (ROI). 

3. Redução do tempo de inatividade 

Em média, grandes fábricas em todo o mundo perdem 323 horas produtivas por ano. Isso afeta tanto a linha de produção quanto os operadores da planta, que devem aguardar a resolução do problema.

Por causa disso, o tempo de inatividade - pelo menos na fabricação - custa cerca de 50 bilhões de dólares anualmente. Nesse sentido, monitorando a disponibilidade para falhas, podemos reduzir drasticamente o tempo de inatividade para reparos imprevistos.
 

4. Confiabilidade dos ativos 

Quando temos certeza de que todos os nossos ativos estão funcionando corretamente, também aumentamos a eficiência dos fluxos de trabalho, tendo a certeza do status operacional de máquinas e equipamentos. Isso permite, entre outras coisas, garantir a pontualidade na entrega dos produtos e obter a satisfação e fidelização dos clientes, algo fundamental para que a nossa empresa se posicione num mercado cada vez mais competitivo. 

Como monitorar indicadores de manutenção preventiva?  

Para monitorar os indicadores-chave de forma inteligente, há uma série de soluções de ponta no mercado, mas o Fracttal One é um dos mais robustos, confiáveis ​​e intuitivos.

Este software de gestão de manutenção CMMS permite monitorar a confiabilidade dos ativos, através de ferramentas tecnológicas como a Internet das Coisas e Inteligência Artificial que extraem informações essenciais para atuar de forma proativa, o que nos permite reduzir as falhas dos ativos em mais de 25%.

Com o Fracttal One, verifique todos os aspectos da operação de qualquer dispositivo em tempo real e garanta a lucratividade do seu negócio gerenciando de forma otimizada as tarefas de manutenção. 

Nenhum vídeo selecionado

Selecione um tipo de vídeo na barra lateral.