arrow_back

Fluxos de dados no Power BI

De acordo com o volume de dados crescentes, o desafio de estruturá-los em informações práticas e bem formadas aumenta.

Os dados precisam estar bem apresentados para a análise e para o preenchimento de elementos visuais, relatórios e painéis, com a disposição dos dados de autoatendimento para Big Data no Power BI, é possível passar de dados para insights de Power BI com apenas alguns cliques.

1627414390170Os fluxos de dados do Power BI é uma chave para a preparação de dados que permite o uso de bases de dados já elaboradas e prontas para consumo sem a necessidade de conexão direta a fonte de dados evitando a necessidade de criar varias conexões separadas usando suas fontes de dados locais ou da nuvem.

É possível repetir as consultas e aplicar novas transformações a elas, mas isso não é uma boa prática pois os dados são consumidos em cada repetição e a fonte acaba também sendo consumida repetidamente.

Não é aconselhável fazer tudo em um fluxo de dados, isso tornará o processamento de transformação de dados, mas longo, e também dificultará a reutilização do fluxo.

Podemos dividir em vários fluxos de dados os separando por entidades diferentes ou até mesmo uma entidade em vários fluxos. Podemos usar o conceito de uma entidade computada ou entidade vinculada para criar parte da transformação em um fluxo de dados e reutilizar em outro fluxos de dados.

Após a criação de um fluxo de dados, é possível usar o Power BI Desktop para criar conjuntos de dados, relatórios, dashboards e aplicativos que aproveitam o Common Data Model, gerando assim insights detalhados sobre suas atividades. O agendamento de atualização de dados é gerenciado imediatamente no workspace em que o fluxo de dados foi criado, assim como os conjuntos de dados.

 

Gisele Priscila
Customer Support Consultant na Fracttal 


CTA BLOG-01