Tendências, notícias, opiniões e melhores práticas na indústria de software de manutenção CMMS.

As 9 aplicações mais importantes da Internet das Coisas (IoT)

A Internet of Things, ou IoT na sigla em inglês (Internet of Things), é um termo que se refere à conexão de objetos entre si e com seres humanos por meio da Internet.

As aplicações desta tecnologia são múltiplas, pois é ajustável a quase qualquer tecnologia capaz de fornecer informações relevantes sobre o seu próprio funcionamento, sobre o desempenho de uma atividade e mesmo sobre as condições ambientais que necessitamos monitorizar e controlar remotamente.

Hoje, muitas empresas de diferentes indústrias ou setores estão adotando essa tecnologia para simplificar, melhorar, automatizar e controlar diferentes processos. Aqui estão algumas das incríveis aplicações práticas da IoT.

1. Vestíveis

Óculos virtuais, pulseiras fitness para monitorar gasto calórico e frequência cardíaca ou cintos de rastreamento GPS são apenas alguns exemplos de dispositivos vestíveis que usamos há algum tempo. Empresas como Google, Apple, Samsung e outras desenvolveram e introduziram a aplicação da Internet das Coisas em nosso dia a dia mais prático.

São dispositivos pequenos e energeticamente eficientes, dotados de sensores, com o hardware necessário para realizar medições e leituras, e com software para coletar e organizar dados e informações dos usuários.

0-Oct-16-2020-06-56-38-97-PM

2.- Saúde

A utilização de wearables ou sensores ligados aos pacientes, permite aos médicos monitorizarem as suas condições, fora do hospital e em tempo real. Ao receber métricas e alertas automáticos sobre seus sinais vitais, a Internet das Coisas ajuda a aprimorar o controle da saúde e a prevenção de eventos letais em pacientes de alto risco.

Outra utilização é a integração da tecnologia IoT aos leitos hospitalares, dando lugar a leitos inteligentes, equipados com sensores especiais para observação de sinais vitais, pressão arterial, oxímetro e temperatura corporal, entre outros.

0 (1)-2

3. Monitoramento de Tráfego

A Internet das Coisas pode ser muito útil na gestão do tráfego de veículos em grandes cidades, contribuindo para o conceito de cidades inteligentes.

Quando usamos nossos celulares como sensores, que coletam e compartilham dados de nossos veículos por meio de aplicativos como Waze ou Google Maps, estamos utilizando a Internet das Coisas para nos informar e ao mesmo tempo contribuir para o monitoramento do trânsito, mostrando as condições das diferentes rotas, e alimentando e melhorando a informação sobre as diferentes rotas para o mesmo destino, distância, tempo estimado de chegada.

0 (2)-2

4. Gestão de Frotas

A instalação de sensores nas unidades da frota ajuda a estabelecer uma interconexão efetiva entre os veículos e seus gestores, e entre os veículos e seus próprios motoristas; ambos podem conhecer todos os tipos de detalhes sobre o estado, funcionamento e necessidades da unidade, bastando para isso acessar o software responsável pela coleta, processamento e organização dos dados. Recebe até alarmes em tempo real de incidentes de manutenção sem ser detectado pelo motorista.

A aplicação da Internet das Coisas à gestão de frotas favorece a geolocalização (e com ela o monitoramento de rotas e a identificação das rotas mais eficientes), análise de desempenho, controle de telemetria e economia de combustível, a redução das emissões poluentes ao meio ambiente e pode até fornecer informações valiosas para melhorar a condução dos veículos.

0-3

5. Agricultura

Fazendas inteligentes são um dado adquirido. A qualidade dos solos é essencial para a produção de boas safras, e a Internet das Coisas oferece aos agricultores a possibilidade de acesso a um conhecimento detalhado de suas condições.

Através da implementação de sensores IoT, uma quantidade significativa de dados pode ser obtida sobre o estado e estágios dos solos. Informações como umidade do solo, seu nível de acidez, a presença de certos nutrientes, temperatura e muitas outras características químicas, ajudam os agricultores a controlar a irrigação, a fazer um uso mais eficiente da água, a especificar os melhores horários para iniciar o plantio, e até descobrir a presença de doenças nas plantas e no solo.

0 (3)-1

6. Hotelaria

A aplicação da IoT à indústria hoteleira traz consigo melhorias interessantes na qualidade do serviço. Com a implementação de chaves eletrônicas, que são enviadas diretamente para os dispositivos móveis de cada hóspede, é possível automatizar diversas interações.

CTA BLOG-01

Assim, a localização dos hóspedes, o envio de ofertas ou informações sobre atividades de interesse, a colocação de encomendas no quarto ou serviço de quartos, a cobrança automática da conta do quarto ou o pedidos de artigos de higiene pessoal, são atividades que podem ser facilmente gerenciadas por meio de aplicativos integrados à tecnologia da Internet das Coisas.

Com o uso de chaves eletrônicas, o processo de check-out é automatizado, desabilitando o funcionamento das portas, oferecendo informações sobre os quartos imediatamente disponíveis e ainda atribuindo tarefas de limpeza ao pessoal de manutenção.

0 (4)

7. Rede Inteligente e Economia de Energia

O uso progressivo de medidores inteligentes de energia, ou medidores equipados com sensores, e a instalação de sensores em diferentes pontos estratégicos que vão desde as fábricas até os diferentes pontos de distribuição, permitem um melhor monitoramento e controle da rede elétrica.

Ao estabelecer uma comunicação bidireccional entre a empresa prestadora do serviço e o utilizador final, podem ser obtidas informações de enorme valor para a detecção de avarias, tomada de decisão e a sua reparação.

Também permite oferecer informações valiosas ao usuário final sobre seus padrões de consumo e sobre as melhores formas de reduzir ou ajustar seu consumo de energia.

0 (5)

8. Abastecimento de Água

Um sensor, incorporado ou ajustado externamente aos hidrômetros, conectado à Internet e acompanhado do software necessário, auxilia na coleta, processamento e análise de dados, que permite entender o comportamento dos consumidores, detectar falhas no serviço de abastecimento, relatar resultados e oferecer cursos de ação à empresa prestadora do serviço.

Da mesma forma, oferece ao consumidor final a possibilidade de monitorar suas próprias informações de consumo, por meio de uma página web e em tempo real, inclusive recebendo alertas automáticos em caso de detecção de consumo fora da faixa do seu registro médio de consumo, o que pode indicar a presença de um vazamento.

0 (1)-3

9. Gestão de Manutenção

Uma das áreas onde a aplicação da tecnologia IoT é mais extensa é precisamente o gerenciamento de manutenção. Combinando sensores e softwares especializados na gestão da manutenção CMMS / EAM, obtém-se uma ferramenta multifuncional cuja utilização pode ser aplicável a uma multiplicidade de disciplinas e práticas, de forma a prolongar a vida útil dos seus ativos físicos, ao mesmo tempo em que garante sua confiabilidade e disponibilidade.

Quando as características do software encarregado de processar e organizar os dados coletados pelos sensores são projetadas para atender especificamente às necessidades de gerenciamento de manutenção de ativos físicos, sua aplicação é quase ilimitada.

O monitoramento em tempo real de ativos físicos, permite determinar o momento em que uma medição está fora da faixa e é necessária a realização de uma manutenção baseada em condições (CBM), ou mesmo aplicando algoritmos de Inteligência Artificial (AI) como Machine Learning ou Deep Aprender a prever o fracasso antes que ele ocorra.

0 (2)

Fracttal para Gerenciamento de Manutenção
e Internet das Coisas (IoT)

FRACTTAL é o software CMMS / EAM especialmente desenvolvido para auxiliar organizações e instituições de qualquer setor produtivo ou de serviços na gestão da manutenção de seus ativos físicos. Possui características únicas que facilitam a gestão da manutenção e, ao mesmo tempo, uma enorme versatilidade que lhe permite se adaptar às necessidades específicas de manutenção da gestão de frotas, eletrodomésticos, equipamentos médicos e instalações, hotéis, redes inteligentes ou redes elétricas inteligentes e abastecimento de água, entre outros.

Enquanto os outros usos da tecnologia IoT ou Internet das Coisas estão preocupados em oferecer uma abordagem inovadora à qualidade de vida, desafios urbanos, produção de alimentos, agricultura, manufatura, medicina, fornecimento de energia, distribuição de água e a forma de oferecer uma grande variedade de produtos e serviços, uma aplicação orientada para a gestão da manutenção como o FRACTTAL se encarrega de ajudar todas estas organizações a cuidar dos ativos em que assenta a sua atividade fundamental, seja esta seja o que for.

Com um aplicativo mobile nativo e amigável, além de um banco de dados 100% baseado em nuvem, oferece aos seus usuários a liberdade e comodidade de monitorar o estado e operação de seus equipamentos de qualquer lugar, facilitando o trabalho colaborativo, atribuições de tarefas, o registo automático das atividades iniciadas e concluídas, a duração dessas atividades, bem como a visibilidade absoluta das tarefas de manutenção pendentes.

Ainda não conhece
o Fracttal?

Teste grátis