Tendências, notícias, opiniões e melhores práticas na indústria de software de manutenção CMMS.

6 razões para implementar um software de gestão de manutenção CMMS/EAM

Na sua empresa, é comum ter prateleiras cheias de papéis e pastas, ordens de serviço perdidas, não ter controle sobre as garantias de seu equipamento ou as de seus clientes, sem saber quais são as tarefas pendentes a serem executadas e como elas investem técnicos, sem controle sobre o inventário de peças sobressalentes e ferramentas, sem saber quais são as falhas mais frequentes e como evitá-las, ignorando o custo de paradas inesperadas, ignorando a vida útil dos ativos, etc.

Se você se sentiu identificado, não está sozinho!. Segundo a Gartner, 90% das empresas não possuem uma solução adequada para o gerenciamento da manutenção de seus ativos físicos, número ainda maior em pequenas e médias empresas. Geralmente, as PMEs são muito pouco tecnificadas em termos de gerenciamento de manutenção. Na melhor das hipóteses, elas usam planilhas ou mesmo registros manuais em lápis e papel, o que claramente os impede de cuidar adequadamente da saúde de seus ativos físicos.

Isso se deve, em parte, ao fato de que o software tradicional de gerenciamento de manutenção requer instalações complexas, é difícil de usar e implementar e é extremamente caro. Esse cenário mudou radicalmente nos últimos anos, onde a evolução impulsionada pelo surgimento de várias Startups de software tornou esse tipo de tecnologia muito mais acessível para as PME. Essa evolução foi caracterizada por uma transformação digital e popularização de software completamente hospedado na nuvem, permitindo que os clientes ofereçam modelos de software como um serviço SaaS e não a compra de uma licença.

É surpreendente ver como uma PME, que implementa um Software de Gerenciamento de Manutenção (CMMS / EAM) e aplica um plano de manutenção apropriado, começa rapidamente a mostrar os benefícios que isso traz para seus negócios.

Um plano de manutenção é um conjunto de tarefas proativas que são executadas regularmente em intervalos predeterminados de datas ou leituras, para evitar falhas de ativos. O plano de manutenção é então uma parte crítica da manutenção de qualquer empresa; de fato, cuidar da saúde dos ativos pode ajudar a reduzir não apenas os custos de manutenção, mas também aumentar a lucratividade dos negócios em geral.

Um Software de Gerenciamento de Manutenção (CMMS / EAM) não apenas ajuda a configurar um plano de manutenção adequado que gera automaticamente Ordens de Serviço e as atribui aos responsáveis, mas também é o cérebro que permite o controle global da área: registro e controle de equipamentos, locais, fornecedores e prestadores de serviços, gerenciamento de armazém de peças e ferramentas, gerenciamento de tarefas e solicitações, administração de garantias, monitoramento de condições, finalmente fornecendo inteligência com indicadores gerenciais para tomada de decisão.

Um software de gerenciamento de manutenção (CMMS / EAM) substitui o controle manual e diminui drasticamente a margem de erro que isso acarreta, pois fornece inteligência à organização, ajudando a gerar índices estatísticos precisos, que permitem realizar um bom gerenciamento de ativos físicos, como tomada de decisão com base em evidências reais e objetivas.

Se uma PME ainda tiver ordens de serviço em papel e sempre depender de manutenção corretiva (ou seja, aguardar a falha do equipamento ou mostrar sinais de danos para fazer reparos), essas são apenas algumas das razões pelas quais você deve considerar urgentemente implementar um Software de Gerenciamento de Manutenção (CMMS / EAM):


1. Melhorar a segurança.

A segurança é um elemento de importância capital dentro da indústria. Talvez o motivo mais importante para investir em um software de gerenciamento de manutenção (CMMS / EAM) seja melhorar a segurança de equipamentos e instalações. Falhas em ativos físicos podem não apenas levar a reparos dispendiosos, mas, dependendo do tipo de equipamento, uma falha catastrófica também pode causar danos físicos ao pessoal da empresa. Por exemplo, se uma mangueira gasta que bombeia materiais perigosos falha repentinamente, isso pode ferir seriamente o operador.

Isso não apenas causaria danos às instalações e interromperia a produção, mas a empresa também seria exposta a ser processada por negligência. Vimos então por que um plano de manutenção adequado sob controle se torna uma necessidade para garantir que um ambiente de trabalho seguro e eficiente seja mantido.


2. Prolongue a vida útil dos ativos.

Um dos motivos mais importantes que qualquer PME precisa considerar para investir em um Software de Gerenciamento de Manutenção (CMMS / EAM) e fazer um plano de manutenção adequado, é que ele pode ajudar a prolongar a vida útil dos ativos. Quando o equipamento é negligenciado e não é mantido adequadamente, pode reduzir drasticamente sua vida útil, o que implica um aumento imediato nas despesas relacionadas à substituição do equipamento e ao condicionamento da planta de produção.

Embora em muitas PME haja uma tendência de pensar que a manutenção adequada não realizada implica economizar dinheiro, o fato é que isso pode ter o efeito oposto. O tempo e o dinheiro investidos na manutenção dos ativos prolongarão sua vida útil, o que pode economizar muito dinheiro a longo prazo, uma vez que eles não precisarão substituir o ativo com tanta frequência. Da mesma forma, quando a vida útil de um ativo ou equipamento se estende à sua expressão máxima, a PME se torna muito mais sustentável e ecológica, pois também reduz a quantidade de ativos não corporativos que se tornam automaticamente resíduos.

3. Aumente a produtividade.

CTA BLOG-01

Não apenas falhas inesperadas podem causar uma diminuição na produtividade, mas a falta de manutenção regular também pode fazer com que o ativo perca sua eficiência ao longo do tempo. Após o uso contínuo, todos os equipamentos e dispositivos começarão a se deteriorar em sua funcionalidade, tornando-os menos eficientes e confiáveis.

Embora a deterioração seja lenta o suficiente para não ocorrer mudanças significativas rapidamente, é provável que você acabe percebendo uma queda na produção. No entanto, grande parte dessa deterioração pode ser evitada investindo em um software de gerenciamento de manutenção (CMMS / EAM), executando um plano de manutenção preventiva e agendando ordens de serviço no momento apropriado. Ao cuidar de ativos físicos, você pode retardar esse processo de deterioração, o que pode ajudá-lo a maximizar a produtividade.


4. Evite atrasos na produção.

É possível que, aguardando até que um ativo mostre sinais de problemas ou se decomponha completamente antes de executar a manutenção necessária, acabe fazendo com que um equipamento crucial fique inutilizável por um período de tempo significativo. Isso pode implicar uma queda na produção, gerando atrasos significativos, perda de vendas, perda de contratos e redução direta nas receitas.

Nesse ponto, é importante esclarecer que em todos os casos, uma estratégia de manutenção corretiva é uma abordagem negativa; há situações em que operar o ativo até que a falha seja uma estratégia correta, dependendo da relação risco / retorno. Por exemplo, a taxa de risco / retorno de uma falha da lâmpada em um escritório administrativo é muito diferente da falha de uma lâmpada na sala de operações de um hospital no meio de uma operação.


5. Evite grandes reparos.

Ao implementar um plano de manutenção correto e usar um Software de Gerenciamento de Manutenção (CMMS / EAM), ocorrerão menos reparos importantes. O fato é que todos os problemas de manutenção pioram com o tempo e, quanto mais demoramos para resolver um problema, mais danos ele pode causar. Confiar na manutenção corretiva resultará em manutenção menos frequente, mas isso provavelmente também fará com que o ativo se decomponha e exija reparos caros e complexos.

Pode ser bastante frustrante ter o ativo danificado apenas para descobrir que o que poderia ter sido uma solução menor na época, agora é um grande problema. A manutenção preventiva permite solucionar pequenos problemas ao longo do tempo, o que pode evitar grandes problemas e tornar a manutenção mais barata e fácil de manusear a longo prazo.


6. Reduza os custos totais de manutenção.

Em geral, existe o equívoco de que a manutenção preventiva custará muito dinheiro e é uma despesa desnecessária. No entanto, a manutenção preventiva e proativa geralmente tem o efeito oposto, pois demonstrou reduzir os custos de manutenção do equipamento, permitindo que pequenos problemas sejam detectados antes que se tornem problemas graves. Investir em manutenção e reparos regulares e de baixo custo pode ajudar a garantir que os ativos não exijam reparos dispendiosos no futuro, e você pode economizar muito dinheiro ao longo do tempo, evitando a necessidade de substituir equipamentos caros prematuramente.

Como você pode ver, um plano de manutenção adequado é essencial para garantir que os ativos físicos funcionem com eficiência e segurança. Além disso, uma abordagem proativa à manutenção ajudará a economizar dinheiro em reparos e substituições. No entanto, planejar um programa de manutenção preventiva e determinar o que deve ser feito e quando deve ser feito pode ser extremamente difícil, pois você precisará rastrear manualmente os dados para determinar quando a manutenção deve ser realizada com base nos dados de tempo e uso. É aqui que as ferramentas de software Enterprise Asset Management (EAM) são essenciais para as PME.

Um Software de Gerenciamento de Manutenção (CMMS / EAM) não é uma poção mágica que resolverá todos os problemas da área de manutenção de PMEs, mas ajudará você a planejar, rastrear e otimizar as atividades de manutenção para garantir que as os ativos continuem funcionando na capacidade máxima e gerando níveis ótimos de produtividade. Se sua empresa ainda não usa o Software de Gerenciamento de Manutenção (CMMS / EAM) para ajudá-lo a gerenciar seus planos de manutenção, você pode se surpreender ao descobrir os benefícios que esses programas podem oferecer.

Cito meu exemplo mais próximo como co-fundador do FRACTTAL, onde nos concentramos no desenvolvimento de todas as ferramentas necessárias para gerenciar com eficiência todos os aspectos do gerenciamento de manutenção de uma empresa. O FRACTTAL roda 100% na nuvem, é fácil de usar e implementar, elimina completamente o papel com o aplicativo móvel para técnicos, clientes e administradores, além de ter planos de assinatura acessíveis às PME. Nós também temos o FRACTTAL Community, que é uma versão totalmente gratuita para empresas pessoais, empreendedores e microempresas.

Se você ainda não conhece o FRACTTAL mas acredita que ela pode atender sua empresa, acesse nosso site ou envie um e-mail para vendas.brasil@fracttal.com
Tel: (22) 21422145

Escrito por: Christian Struve

 

Ainda não conhece
o Fracttal?

Teste grátis