arrow_back

Por que ter um programa de manutenção preventiva?

Em qualquer empresa, ter um programa de manutenção preventiva é essencial para reduzir as manutenções corretivas e paradas dos ativos, maximizando a produtividade e, consequentemente, a rentabilidade do negócio. 

O que é manutenção preventiva? 

São as tarefas que visam manter e prolongar a vida útil dos ativos. Assim, a manutenção preventiva é o planejamento de inspeções de rotina, estimativa de reparos, substituições e a programação de suas intervenções a fim de reduzir as falhas funcionais.

Com o desenvolvimento de tecnologias - por exemplo, através da incorporação de sensores IoT - a manutenção preventiva ganha um novo ar ao obter mais informações e poder monitorar em tempo real um maior número de ativos e sistemas subjacentes.

Formas de manutenção preventiva 

Além de entender o que é manutenção preventiva, é importante identificar duas subcategorias e diferentes tipos de testes em cada uma:

1. Manutenção baseada na condição

O MBC (ou CBM em inglês) é uma metodologia que atua com base na evidência. Visto de outra forma, consiste em diagnosticar e planejar ações de manutenção com base em dados que indiquem sintomas de uma potencial degradação ou falha. Para obter esses dados, podemos realizar:

  • Prova e Inspeção: é a revisão programada que permite diagnosticar os ativos de forma superficial ou detalhada, verificando o comportamento no cumprimento de suas tarefas.

  • Monitoramento de condição: é a inspeção contínua dos ativos por meio de sensores ou medidores (acumuladores e não acumuladores) que detectam o comportamento em ruído, vibração ou outro tipo de medição física captada a fim de determinar quando é o momento de intervir.

Manutenção predeterminada

Consiste na execução de um planejamento programado de testes e manutenções, de forma a garantir a utilidade dos bens, e ainda melhorar a sua qualidade e eficiência através de modificações no cumprimento das funções. Aqui, as seguintes ações se aplicam:

  • Prova periódica: como o nome indica, são testes e inspeções realizados constantemente em intervalos de tempo fixos, com o objetivo de detectar possíveis falhas não identificadas. A periodicidade dos testes depende das especificações de fábrica do ativo.

  • Substituição programada: é a execução programada de substituição de componentes de acordo com a identificação do problema.

  • Serviço programado: semelhante à anterior, a manutenção programada de serviço é a execução de tarefas de serviço programadas com o objetivo de prolongar a vida útil de um ativo.

Por que é importante realizar manutenções preventivas? 

Por meio de pequenas tarefas de intervenção planejadas e executadas com base em evidências, a manutenção preventiva permite estender a produtividade com qualidade aceitável, reduzindo custos e mantendo a consistência ao longo do tempo.

Uma gestão atempada reduz os custos associados à manutenção e os riscos associados a acidentes, o que permite uma maior sustentabilidade da empresa graças ao diagnóstico constante dos equipamentos.

A importância de ter um software nesse processo 

A utilização de softwares para manutenção de ativos permite uma melhor coordenação entre as equipes responsáveis ​​pelas diferentes áreas por meio do acesso a dados que, embora técnicos, se transformam em indicadores de desempenho, inventário ou notificações de alerta caso algum problema seja identificado.

Fracttal One é um software que permite gerenciar e controlar as tarefas do programa de manutenção preventiva dos bens, e a sua manutenção a partir de qualquer ponto de ligação.

Ter informações precisas por meio de monitoramento permanente e uso intensivo dos dados coletados por um software como o Fracttal, permite um planejamento preciso da manutenção e minimiza as falhas funcionais, garantindo a continuidade operacional em todos os momentos.

Nenhum vídeo selecionado

Selecione um tipo de vídeo na barra lateral.