arrow_back

A integração e manutenção de ponta a ponta

Quando Steve Jobs voltou para a Apple em 1996, encontrou uma empresa à beira da falência, com uma linha de produtos que não era coerente e com vários projetos no meio que não respeitavam os valores da empresa (o Newton é o mais emblemático).

Sua solução foi voltar às raízes da Apple, usar a integração de ponta a ponta para fornecer uma experiência única ao cliente, e com a mensagem “Pense diferente”, chegar a todas as pessoas que queriam realizar mais com seus computadores. Em 1998, foi lançado o primeiro iMac, com suas superfícies transparentes, aparência amigável e interface de usuário simplificada, para que as pessoas pudessem se sentir calmas e seguras em um ambiente totalmente novo como a internet naquela época. O sucesso foi retumbante e levou a um novo estágio na Apple que a tornou a empresa mais valiosa do mundo cerca de 20 anos depois. 

header predictto 2

De certa forma, a Apple sempre foi uma inspiração para a Fracttal. Desde a obsessão por produtos de alta qualidade e fáceis de usar, a atenção à experiência do cliente ou a importância do design, eles fizeram parte do legado que podemos levar dos gigantes das gerações anteriores. Em longo prazonosso objetivo é alcançar uma experiência integrada de gerenciamento de manutenção e nosso propósito é transformar a forma como a manutenção é gerenciada para alcançar um mundo mais sustentável, eficiente e seguroEntendemos que a tecnologia é apenas uma ferramenta para isso, então, assim como é importante que conheçamos detalhadamente as novidades, nosso trabalho é pegar o que precisamos e poder aplicá-lo como parte de uma solução.

Perseguindo nosso propósito, vemos que o atual gerente de manutenção enfrenta um desafio titânico. Recebe informações de diversas fontesalgumas delas ainda não digitalizadas. Organizar esse processo consome grande parte de suas horas de trabalho e até mesmo se estende fora do dia com frequência. Pensando nisso, estamos focados em conseguir organizar esse fluxo constante de dados, não  em termos de gestão, mas também envolvendo diretamente os ativos com o Fracttal Xaos técnicos e participantes da corrida de manutenção com o Fracttal One e até ajudando a antecipar problemas com Predictto.   

Um exemplo prático de integração ponta a ponta com o Fracttal é em uma planta onde você tem sensores de vibração conectados a um dispositivo Fracttal X, medindo um motor de operação crítica. Esses dados são enviados para nossos bancos de dados ou “Industrial Hub”, de onde alimentam o Fracttal One para manutenção baseada em condições e o Predictto para manutenção preditiva. No Predictto essas informações são utilizadas para construir modelos dinâmicos autodidatas, supervisionados por IA (inteligência artificial), que permitem antecipar qualquer falha futura.

all devices_foCom essas informações, um medidor é alimentado no Fracttal One e quando um limite de tolerância de risco é excedido, tarefas pendentes são automaticamente emitidas. E com o Planejador Virtual, a ordem de serviço é atribuída para que uma inspeção profunda do ativo seja feita e a causa seja corrigida antes que a falha apareça.

Tudo isso era impossível de fazer há alguns anos, mas ao combinar IoT, computação em nuvem, smartphones e inteligência artificial, conseguimos ter uma integração de ponta a ponta que realmente impacta o trabalho das pessoas e que pode melhorar não só a capacidade de ativos para agregar valor, mas em geral para a eficácia da empresa e de sua equipe de trabalho.

ricardo

Prepare-se para o lançamento do Predictto com o curso: IoT e manutenção preditiva. Aprenda de forma simples cada um dos aspectos básicos desta nova era da manutenção 4.0Acesse o link: https://fracttal-br.teachable.com/p/iot-preditiva